Tatiana Pereira Tonet
"Apressa-te a viver bem e pensa que cada dia é, por si só, uma vida." Sêneca
Capa Meu Diário Textos Fotos Perfil Livro de Visitas Contato Links
Textos
NOSSOS MORTOS!
Fria manhã de inverno...
Enorme tristeza no ar...
Como se não houvesse mais o amanhã...
Tento – sem sucesso – ver a vida com esses mesmos olhos registrados pela fotografia.
Nela, o futuro parecia uma porta aberta,
sem percalços,
sem pandemia,
sem sofrimentos e perdas.

Lindos cabelos pretos e soltos, livres como o vento.
Um grande sorriso cativante.
Lábios aveludados pela alma alegre.
Olhares intensos, confiantes – naquela época – em um futuro que se tornou presente e caótico.

De repente, a razão, como sempre, mostrou-me a realidade.
Estou tão viva, que construo esse poema.
Estou tão viva, que sofro com essa fatídica realidade.
Estou tão viva, que choro pelos mortos, que, quando vivos, foram amigos e parentes.
Também há outros 473 mil – até o momento, que também foram amigos e parentes de muitos que ainda choram...

Duas únicas doses de esperança...
‘Se’ aplicadas há alguns meses ou até mesmo há algumas semanas, teriam evitado essa trágica realidade.
Continuaremos chorando nossos mortos...
Tatiana Pereira Tonet
Enviado por Tatiana Pereira Tonet em 03/06/2021
Alterado em 08/06/2021
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários

Fonte: Tatiana Pereira Tonet, janeiro de 2010, Table Mountain - Cape Town - South Africa


Fonte: Tatiana Pereira Tonet, janeiro de 2010, Table Mountain - Cape Town - South Africa


Fonte: Tatiana Pereira Tonet, janeiro de 2010, Cape Town - South Africa